terça-feira, 18 de novembro de 2008

Formalidades

Não sei o que gosto mais:
- De filhos a tratar os pais por você - habituei-me a ver a geração da minha mãe a fazê-lo e a ver parte da minha geração ainda com esse hábito. Mas faz-me cá uma confusão nos dias de hoje ver pequenotes a tratar os pais por você.

- De pais a tratarem os filhos por você - rebolo-me a rir, acho ridículo.

- De irmãos a tratarem-se por você - rebolo-me ainda mais a rir, acho inqualificável, ridículo não chega.

Eu não consigo, em relações familiares tão próximas, achar que o tratamento por você signifique respeito nem o tratamento por tu falta dele. Acho que se criou por aí uma mania (pirosa e anacrónica) de que é benzoca fazer essas tristes figuras de tratar a criançada por você e dizer frases lindas do tipo, "Maria Rita não tire macacos do nariz!".

É tão lindo criar estas distâncias forçadas (not!)... Digo eu, que sempre tratei tudo por tu e que odeio tratamentos formais. Chiça!

18 comentários:

Amores Perfeitos disse...

concordo completamente!!

Parece até que ã relação fica meio distinta e fria não é???

não há como os meus... primo para aqui e primo para lá...LOOL

disse...

Compreendo essa dificuldade em entender! Eu também a tenho! Ainda por cima eu trato todas as pessoas por tu (excepto as que tenho uma relação profissional) até os meus avôs eu trato por tu, não por falta de respeito mas sim por causa do enorme carinho que lhes tenho!
Beijinhos

Daniela disse...

concordo contigo, é do pior mesmo!!!!!!!
beijocas
é a primeira vez que cá venho e gostei muito;)

Mamã Pirata disse...

N acho piada nenhuma ao VOCE entre pais/filhos.

...n quero me apropriar do teu post ,mas achei piada e fui mencioná-lo lá no barco dos piratas.

Bjs p vcs.

GG disse...

O mais giro é qd os putos fazem asneirada da grossa, e os pais perdem a compustura toda ... lol, passam logo do você para o tu num piscar de olhos!

Silvia disse...

ai que vc tem mm razão...lol...odeio isso de morte, é uma estupidez

Miepeee disse...

Olhe Tania , a menina nao e nada bem, que horror, nao sabe que e feio rir dos outros? :P
Muito finos, muito finos, mas depois sao os piores. Nao ha cu que aguente tanta peneleirice.
Beijinhos.

Mãe da malta disse...

Eu quando estou a ralhar com o Miguel às vezes trato-o por você, sei lá eu porquê, o F. goza comigo, mas essa é a verdade, e sim, é ridiculo (no meu caso).

Depois é verdade (a minha verdade, claro) que se criou esse "mito" que tratar por você era benzoca. Independentemente disso sou tolerante aos tratamentos, tanto me faz que tratem os pais por você ou não. Também pode ser um bocadinho preconceito que só por tratarem os pais por você então se estão a armar. Há dos dois, os que se armam e os que agem naturalmente.

Já me aconteceu em lojas de crianças as empregadas me perguntarem se podem tratar os meninos por tu :D

Sofia disse...

Ai que horror querida, não me diga que trata os seus filhos por "Tu". Ai que isso é tão de povo! LOL
Agora a sério, eu nem a minha avó trato por vc, acho tão triste esse tratamento distanciado e não tem nada a ver com respeito, tão facilmente digo vá à m#$%& como digo vai à m#$%$, hi hi hi. Bem fazem os espanhóis em "tutearse".
Bjocas

Ana disse...

Na famelga apenas trato por você as minha avós e tem tudo a ver com mentalidades de outros tempos...de resto minha querida é tu e bola para a frente. Lembras-te do teu maridinho a tratar-me por você e tu a dar-lhe nas orelhas? lolololo.......beijinhos

Loira disse...

Tânia, na creche do meu tratam os fedelhos por vc. Diria q 70% dos pais dos miúdos q lá andam tb tratam os filhos por vc. cerca de 20% trata os filhos por vc na escola pq os outros tratam. E depois há os dissidentes como eu q chegam lá e tratam todos por tu.
Nâo trato os meus pais por vc e tb não trato o miúdo. Mas tds as pessoas mais velhas ou q não conheço mto bem trato por vc.

gosto-muito-de-voce-leozinho disse...

eu trato por tu ....os meus pais sempre tratei por " a mãe sabe.."

"pai veja"

é como aqui no emprego tb tiramos o dr e o eng para o lixo...

Cristina disse...

Pois, é conforme. Eu trato todas as pessoas mais velhas por você. E a minha avó incluída. :) Força de um hábito. E gostava de incutir esse hábito nelas. O N. também trata toda a gente por tu. Eu sou mais benzoca (estou a brincar. faz-me mesmo confusão)...

Cristina

Tânia disse...

Miúdas, é assim, eu trato muita gente por você: trato alguma família, tipo tios com quem nunca tive relações muito próximas, pessoas que não conheço de lado nenhum, parte das pessoas do meu trabalho. E não me faz confusão nenhuma.
O que me faz confusão é ver a nossa geração tratar os filhos por você ou os irmãos tratarem-se por você (até os filhos tratarem pais DA NOSSA IDADE por você). No tempo dos nossos pais isso era regra, as coisas eram diferentes. Mas hoje em dia faz-me muita confusão, sobretudo porque creio que muitas vezes é uma situação fabricada para se parecer benzoca.

Mother_24 disse...

Apoiado... clap clap clap clap clap... vão tratar por você a tiazinha pá... fonix...

jocas

Familia Paiva Alvo disse...

Concordo plenamente!
Acho ridiculoe até me chega a dar voltas ao estomago! Credo...como é possivel!

Noc@s disse...

Este post poderia ser meu. Concordo 100%
Jocas tá a ver ;-)

cris ferreiro disse...

Não consigo tratar as pessoas mais velhas por tu, sejam elas os meus pais, os meus sogros ou tios. Já o meu filho trato por tu mas ele ainda não faz essa distinção até porque ainda não constroi muitas frases. Mas tenho sobrinhos que tratam toda a gente por tu. Até o meu marido e a minha cunhada tratam por tu os pais e a avó. O meu cunhado trata os nossos sogros pelos nomes e eles não gostam. Aqui a palerma que "entrou" para a familia primeiro não consegue tratar a sogra sem um "dona" antes do nome e o sogro com um "senhor". Não consigo, pronto...
Beijos